4 respostas para aprender mais com a prática


UM DOS CRIADORES DO WORK-BASED LEARNING EXPLICA COMO FUNCIONA O MÉTODO QUE TRANSFORMA O TRABALHO NO PRINCIPAL AMBIENTE DE APRENDIZADO

Executivo escrevendo
São Paulo – “Os profissionais aprendem mais na prática e geralmente nem conseguem explicar como e onde aprenderam”, diz o professor Michael Eraut, um dos responsáveis pela criação do work-based learning, que transforma o trabalho no principal ambiente de aprendizado. O método já foi O método já foi adotado por dezenas de instituições britânicas com o apoio do governo.
Leia abaixo a entrevista que o professor concedeu à Você S/A, em sua casa, na cidade de Lewes, no sul da Inglaterra.
– O senhor já disse que as pessoas usam no trabalho apenas metade do que aprendem na universidade. Por que isso acontece?
Michael Eraut – Um dos motivos é a velocidade das mudanças hoje. Ao final de um curso, boa parte do conhecimento que as pessoas absorveram de livros e atividades já está ultrapassada ou depende de novos conhecimentos agregados a ela.
Isso acontece em todas as áreas. Além disso, o conhecimento acadêmico por si só não é suficiente para lidar com os contextos e as demandas do trabalho.
– Por que não é?
Michael Eraut – Muita gente ainda pensa que aprendizado é só o que você consegue apresentar, colocar no papel. Mas é muito mais. No trabalho, as pessoas lidam com problemas mais complexos.
Para solucioná-los, é necessário muitas vezes recorrer a diferentes tipos de conhecimento e experiências, ser capaz de reuni-los e aplicá-los. Esse tipo de competência é pouco ensinado e avaliado nas escolas.
– Se o aprendizado é tão intuitivo, como o profissional pode saber se está progredindo?
Michael Eraut – Ele tem de analisar suas conquistas e tudo que já fez de útil no trabalho. Quais tipos de conhecimento tive que reunir para realizar determinado projeto? Quais as pessoas que me ajudaram e de que forma? Como eu ajudei outras pessoas? Conversar com colegas mais próximos, que nos observam diariamente, pode ajudar bastante.
– Por que algumas pessoas aprendem mais rápido do que outras?
Michael Eraut – A velocidade do aprendizado varia muito de um profissional para outro, e as pesquisas mostram que isso tem muito a ver com as pessoas com quem ele trabalha.
Ouvir e observar colegas e superiores é uma das principais fontes de aprendizado. No ambiente de trabalho, existem várias pessoas fazendo as mesmas coisas de maneiras diferentes e que têm muito a se ajudar.
Fonte: Revista Exame

—————————————————————————————————–

Trabalhando com as melhores construtoras para melhor atendê-los!

MAIS DE 200 OPÇÕES EM IMÓVEIS PARA VOCÊ!
Maiores informações:
MOACYR PIMENTA – C12455
(62)8468-4269 OI
(62)8184-1198 TIM
Nextel: (62) 7814-4621  Rádio: *55*650*5616
Msn: moacyrpimenta@yahoo.com.br
Twitter: @moratiimoveis
Facebook: Morati Imóveis
Skype: moacyrpimenta
MORATI IMÓVEIS – Tel.: (62)3087-4787

Fale com o Corretor:

________________________________________

Mais imóveis em goiânia:

www.ImoveisAltoPadraoEmGoiania.com.br
// // //
———————————————————————————
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s