Mercado de trabalho: dicas para entrar ou retornar


O mundo está cada vez mais competitivo. O mercado de trabalho exige cada vez mais qualificações e especializações para seus profissionais. Para quem deseja ingressar no mercado de trabalho, algumas ações podem ser fundamentais para o sucesso: antes, durante e depois do ingresso na tão sonhada carreira profissional, é o que explica a seguir a psicóloga e consultora especializada em desenvolvimento humano, Elaine Lombardi, por meio de oito dicas.

1.  Prepare sua auto-apresentação: em situações de entrevista ou em outros momentos de interação profissional, existirão situações em que você deverá responder as clássicas perguntas “fale-me a seu respeito”, “conte-me sobre você”, “fale da sua vida” ou “diga quem é você”. Saber fazê-lo de maneira concisa e representativa requer reflexão, escolha e ensaio. Suas competências, seu modo de ser, suas experiências e suas aspirações, tudo deve ser passado de forma clara e articulada e, sobretudo, convincente, onde o importante é dar uma visão geral de sua experiência e expectativas de evolução profissional.

2. Desperte interesse no entrevistador: 
fazer a diferença e causar uma ótima impressão pode valorizar seu “passe”, visto que além de apresentar um currículo, os candidatos devem também fazer a diferença na sua apresentação na forma como destacam as áreas de interesse.

3. Cuide de sua imagem: ao se apresentar numa entrevista pessoal, você deve cuidar de sua imagem, incluindo cabelo, unhas, maquiagem, uma vestimenta formal e cores neutras. Lembre-se: uma imagem descuidada pode causar uma impressão negativa.

4. Conheça a empresa: você deve se informar antecipadamente sobre a empresa, visitando o site e buscando informações em revistas de negócios e até especializadas no seu segmento, demonstrando interesse e algum conhecimento no momento da entrevista.

5. Procure empresas que apostem na formação: pesquise e procure confirmar se a organização investe no desenvolvimento de seus profissionais, atuando no fortalecimento das competências pessoais e profissionais. Demonstre que você valoriza esta iniciativa durante a entrevista.

6. Complemente sua formação acadêmica:
 as empresas valorizam os candidatos que apresentam experiências sociais ou profissionais complementares à formação acadêmica. Os trabalhos de voluntariado e estágios são exemplos de experiências bem valorizadas, pois demonstram o interesse e o desenvolvimento de competências importantes no futuro profissional.

7. Diversifique a procura de trabalho: o mercado de trabalho é cada vez mais global e os jovens devem estar atentos ao conjunto de oportunidades que surjam em nível nacional e internacional.

8. Procure identificação pessoal com os valores das empresas: as pessoas e as empresas são diferentes. Os candidatos devem procurar as empresas com que se aproximem ao seu perfil e valores.

Como retornar ao mercado?

Diversos são os motivos que levam um profissional a se afastar do mercado de trabalho ou de sua área de atuação. Mulheres param de trabalhar para cuidar de filhos pequenos, profissionais que exercem atividades rotineiras tentam novas profissões, outros querem experimentar novas áreas por estarem muito tempo na mesma função. No entanto, nem sempre os objetivos são alcançados e é necessário retornar ao ponto de partida.

A recolocação profissional pode ser complicada por várias razões. É o que explica a diretora de recursos humanos, Sônia Nakabara. “A desatualização, quanto aos conhecimentos da área, e o fator idade “madura“ dificultam o retorno do profissional, o mercado é ingrato com aqueles que passam dos 45 anos. A demora para se ambientar ao ritmo de trabalho também pode ocasionar demissão do empregado”, afirmou Sônia.

De acordo com a especialista, o primeiro passo para retomar a carreira é fazer uma análise da área de interesse e procurar atualizar os conhecimentos necessários. “Se atualizar na parte de informática, principalmente nas ferramentas que são mais utilizadas em sua área de atuação e cursos de idiomas é essencial. Também é importante compreender que muito provavelmente o profissional não irá retornar com o mesmo salário com que saiu”, disse a diretora de RH.

A experiência no ramo é o que você tem, que um candidato ao primeiro emprego pode não ter. Deixe isto claro e coloque em destaque no seu currículo e entrevistas.

Além da preparação técnica, o profissional deve estar psicologicamente preparado para enfrentar negativas. “Para a retomada ao mercado de trabalho o mais importante é ter persistência, porque não é nada fácil conseguir se recolocar quando se está um tempo fora. É preciso ter a compreensão desta dificuldade”, conclui Sônia.

Fonte: Paula Furlani

—————————————————————————————————–

Trabalhando com as melhores construtoras para melhor atendê-los!

MAIS DE 200 OPÇÕES EM IMÓVEIS PARA VOCÊ!
Maiores informações:
MOACYR PIMENTA – C12455
(62)8468-4269 OI
(62)8184-1198 TIM
Nextel: (62) 7814-4621  Rádio: *55*650*5616
Msn: moacyrpimenta@yahoo.com.br
Twitter: @moratiimoveis
Facebook: Morati Imóveis
Skype: moacyrpimenta
MORATI IMÓVEIS – Tel.: (62)3087-4787

Fale com o Corretor:

________________________________________

Mais imóveis em goiânia:

www.ImoveisAltoPadraoEmGoiania.com.br
// // //
———————————————————————————
Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s