Educação financeira pode mudar o Brasil?


Olha, só para “começo de conversa”: se eu não achasse que a educação financeira  pode ajudar-nos a construir não somente padrões de vida melhores, mas também sociedades melhores, eu não estaria aqui, agora, com este blog falando sobre este assunto – tomaria esta vantagem somente para mim e não me importaria em compartilhar tais conhecimentos com outros! Então, sim, eu acredito que podemos mudar e muito o Brasil por meio de uma melhor gestão das finanças em nossas vidas.
Hoje, percebo três possíveis canais para o desenvolvimento da educação financeira: (1) livros, artigos e websites, (2) palestras, podcasts e vídeos e (3) por meio de programas específicos desenvolvidos por bancos e demais instituições financeiras. O Banco do Brasil, por exemplo, possui um programa que, se bem me lembro, chama-se “Curso do Planejador Financeiro”, onde o cliente BB pode aprender o básico sobre como melhor gerir suas finanças. O MasterCard também oferece programa similar, chamado Consumidor Consciente.
E aqui vale um alerta: é muito bom saber que bancos e outras instituições financeiras também estão lançando tal tipo de programa educacional, mas é importante tomar cuidado para não se limitar somente aos que eles ensinam, afinal de contas tais instituições faturam muito mais é justamente quando temos um pequeno “tropeço financeiro”. Claro, não digo com isso que o objetivo deles é fazer-nos perder dinheiro, mas como toda organização com fins lucrativos, seu objetivo é ganhar dinheiro!
Então, se você está buscando fontes para melhorar sua educação financeira, utilize-se de tantas fontes fidedignas quantas puder identificar e absorva aquelas informações gradualmente – em nada adianta ler cinco livros em um dia só e nada aprender deles, não é mesmo? Fica então aqui a dica sobre nossos cursos de finanças pessoais e educação financeira.
Mas vamos tentar não perder nosso foco! Falávamos que a educação financeira pode mudar o Brasil e talvez você esteja se perguntando “como ela pode mudar o nosso país?”. Aqui vão algumas oportunidades advindas da educação financeira.

PERMITE A RECUPERAÇÃO FINANCEIRA DAS FAMÍLIAS MENOS FAVORECIDAS

DICA: A importância que a educação financeira possui na vida de uma pessoa é a mesma que na “vida” de um país, entretanto em uma escala bem maior!
Venhamos e convenhamos: nosso governo lança muitas medidas de certa forma louváveis que visam auxiliar aqueles que possuem menor poder aquisitivo (e aqui encontramos uma grande lista de nomes de “bolsas”), mas tais medidas estão realmente resolvendo os problemas ou tornam-se somente medidas paleativas e há nenhuma outra medida sendo tomada para corrigir a causa real? Infelizmente, o que se tem percebido é que são somente medidas paleativas e o problema em si não é resolvido – basta ver que, se a distribuição de bolsas hoje fosse suspensa, muitas daquelas pessoas retornariam às condições financeiras anteriores, pois não há um alicerce forte para evitar isso.
Claro, somente falar sobre educação financeira não mudará a vida dessas pessoas, mas recomendações para estes e seus filhos pode aumentar as chances de, a médio e longo prazo, tal problema ser minimizado. Educação financeira não lhe “dá dinheiro” mas alerta-o sobre certos perigos e tentações quando o temos e como podemos melhor utilizar tais recursos. Usar bem o nosso dinheiro é a melhor forma de garantir uma maior prosperidade para nossa família.
Alguns podem até rir disso e dizer “mas como gerenciar dinheiro quando não se tem o mesmo?” e é justamente por ter pouco dinheiro que deve ser ainda melhor a gestão do mesmo! É incrível que todo mundo sempre acha que gasta o seu dinheiro da melhor forma possível, mas quando faz-se uma “retrospectiva” de como gastou seu dinheiro nos últimos três meses percebem-se oportunidades desperdiçadas de economizar 5% ou 10%. Se você realmente deseja mudar sua situação financeira, são justamente aqueles 5% ou 10% que pode ajudá-lo! Sempre digo em minha casa que “é melhor ganhar ou poupar pouco dinheiro do que gastar pouco dinheiro”!

CRIA CONDIÇÕES PARA UMA MAIOR QUALIDADE DE VIDA EM GERAL

Educação financeira pode oferecer a capacidade de melhor planejar-se e um melhor planejamento pode reduzir ou até mesmo eliminar gastos com juros, reduzir desperdícios e apontar oportunidades para se ter uma melhor qualidade de vida gastando-se menos, o que se traduz em mais dinheiro em nosso bolso!
Por exemplo, o hábito de refletir sobre suas formas de lazer pode levá-lo a encontrar outras similares que apresentam custos menores. Gosta de assistir filmes e possui um computador com acesso à internet? Ótimo! Pode-se contratar algum serviço de aluguel virtual de filmes tal que você possa assisti-los sem sair de casa e por um custo bem reduzido! Ou até mesmo pode-se buscar por vários filmes que estão disponibilizados no YouTube (bem, muitos deles estão lá infringindo copyright, mas aí é um problema que a Google precisa resolver!).
Sempre há uma forma de reduzirmos custos e ainda assim tirarmos bom proveito das coisas. Talvez você seja um daqueles “reclamões” que dizem “e de que me serve o dinheiro se não estou a gastá-lo?”. Simples! Você estará a poupá-lo para uso em coisas que poderão fazer realmente a diferença! Pode ser o dinheiro necessário para a entrada na sua casa ou carro ou mesmo o dinheiro para uma viagem de férias. Há, claro, muitos usos mais interessantes para o seu dinheiro do que gastá-lo com algo que pode ser facilmente substituído por outra opção mais barata ou até mesmo gratuita!

CRIA OPORTUNIDADES PARA UMA REAL MUDANÇA EM NOSSAS VIDAS

Sejamos bem sinceros: quando mais jovem, até acreditava na possibilidade da atuação do governo para fins de reduzir a desigualdade social, mas hoje percebo que não há um interesse tão grande assim nisso. Sendo assim, se você espera um dia mudar de vida, é melhor saber que precisará fazer isso por conta própria, não adianta ficar esperando que outros façam por você aquilo que você deve fazer.
É bem provável que nunca eliminemos as desigualdades sócio-econômicas, mas você pode tomar medidas para mudar a sua vida.

OFERECE-NOS A OPORTUNIDADE DE AJUDAR A MUDAR A VIDA DE OUTRAS PESSOAS

Tão importante quanto o ponto anterior, isso significa que se você já se encontra em uma situação financeira mais confortável que outras pessoas, ótimo, mas por que não ajudar aqueles que ainda não conseguiram isso? Um exemplo disso são websites como o kiva.orgque, a nível mundial, busca facilitar pequenos empréstimos entre pessoas – empréstimos estes que não influenciam muito na vida de quem os oferece, porém que podem criar grandes oportunidades na vida daqueles que os recebem. Já realizei um empréstimo de $ 25.00 no kiva.org (na verdade dois, mas um foi realmente meu e o outro foi um empréstimo de um benfeitor desconhecido).
Sim, já conheci pessoas que me disseram que não precisavam de educação financeira, pois já tinham tudo o que queriam em suas vidas. E eu lhes disse: ótimo! Que tal agora usar tal educação para potencializar ainda mais seus ganhos e repartir o que sobrou com aqueles que nada ou pouco possuem? Geralmente não recebo nenhuma resposta que valha a pena comentar aqui, infelizmente.
No caso do Kiva, percebe-se que o objetivo vai até mesmo além de ajudar a ter um país melhor, busca-se criar oportunidades para que tenhamos um mundo ainda melhor. Mas se você prefere concentrar-se somente no Brasil, há muitas instituições e organizações sem fins lucrativos que podem aceitar sua ajuda financeira e, assim, criar novas oportunidades aqui mesmo, em nosso país.
E se a educação financeira traz tantos benefícios, talvez você esteja a se perguntar:

E POR QUE A EDUCAÇÃO FINANCEIRA NÃO É TÃO PRATICADA OU DIVULGADA?

Aqui entram vários possíveis motivos. Um deles é a própria falta de cultura: desde pequenos somos educados a nunca falar sobre finanças com outras pessoas, não vemos nossos pais realizarem um bom planejamento financeiro e sempre ouvimos que o dinheiro é a raiz de todos os males. Como vamos dedicar algum tempo de nossas vidas a algo que, aparentemente, é tão ruim?
O problema é que tal pensamento está completamente equivocado. Dinheiro é uma ferramenta e como tal pode ser usada para fins bons e outros nem tanto. Então é importante que se saiba lidar com tal ferramenta a fim de que alcancemos bons resultados.
Hoje, com a “Era da Internet”, onde muita informação encontra-se disponível pela Internet, e a produção massiva de livros sobre gestão financeira e ativos, há uma maior disseminação de tal conhecimento do que a 15 ou 20 anos atrás – e isso é realmente bom, pois oferece oportunidades para aqueles que antes não possuíam tal conhecimento!
Outro erro que as pessoas cometem é o de pensar que “não se precisa aprender a lidar com dinheiro”. Se isso fosse verdade, porque há uma ciência chamada Economia só para lidar com os aspectos econômicos em uma empresa ou nação? “Lidar com dinheiro” pode até ser fácil, mas gerir o mesmo com certeza não o é, principalmente para quem nunca o fez corretamente!
Há claro, também, o fato de que para muitos não é interessante que você, eu e o garoto que acabou de ingressar na universidade tenhamos conhecimentos sobre como melhor gerir nosso dinheiro, pois eles vendem produtos e serviços que são muito melhor aceitos por aqueles que não possuem tal conhecimento!
O que você vê quando liga a televisão? “Se você não tem dinheiro para adquirir aquele televisor novo, saiba que agora não precisa mais ficar aí, triste, venha até nós e lhe concederemos um empréstimo na hora, sem burocracia!”. E onde eles ganham? Nos juros do empréstimo! Por que eles desejariam que você soubesse que você pode economizar durante alguns meses, adquirir aquele mesmo televisor (ou outro mais simples) e assim não precisaria adquirir aquele empréstimo? Eles querem que você consuma, pois isso faz bem para o mercado… Só esqueceram de lhe dizer que isso pode não fazer tão bem a você, na medida em que você acaba pagando mais caro por algo que você já não tinha dinheiro suficiente para comprar!
Espero que este artigo tenha deixado clara a importância da educação financeira no Brasile, aos poucos, consigamos reverter esse quadro.
Fonte: Clube do dinheiro

—————————————————————————————————–

Trabalhando com as melhores construtoras para melhor atendê-los!

MAIS DE 300 OPÇÕES EM IMÓVEIS PARA VOCÊ!
Maiores informações:
MOACYR PIMENTA – C12455
(62)8468-4269 OI
(62)8184-1198 TIM
Nextel: (62) 7814-4621  Rádio: *55*650*5616
Msn: moacyrpimenta@yahoo.com.br
Twitter: @moratiimoveis
Facebook: Morati Imóveis
Skype: moacyrpimenta
MORATI IMÓVEIS – Tel.: (62)3087-4787
Fale com o Corretor:

________________________________________

Mais imóveis em goiânia:

www.ImoveisAltoPadraoEmGoiania.com.br
// // //
———————————————————————————
Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s